Como funciona o PIX? Entenda tudo sobre esse sistema

O que é o pix, como funciona quais suas vantagens. Aprenda tudo sobre esse sistema inovador de tranferência bancária.
Rezende Junior
Como funciona o PIX? Entenda tudo sobre esse sistema

Um sistema de transferência bancária criado para facilitar nossas vidas, acredito que você já deve ter ouvido falar sobre ele. O PIX foi criado pelo Banco Central para simplificar as transferências eletrônicas de qualquer lugar e horário entre pessoa física ou jurídica.

Em meio a tanta tecnologia o PIX já conquistou uma boa parte dos brasileiros e é o segundo meio de pagamento preferido dos consumidores, porém ainda existem muitas pessoas com receio de utilizar o sistema.

Levantamos algumas características importantes do serviço, que ajudarão a utilizá-lo com segurança, continue lendo e confira!

O que é PIX?

Pagamento Instantâneo Brasileiro (PIX). O sistema para pagamento gratuito foi criado pelo Banco Central do Brasil oferecido a pessoas físicas e jurídicas. O sistema foi lançado no dia 5 de outubro de 2020, muito parecido com as transferências DOC e TED que já tínhamos antes, porém mais instantâneo, gratuito para pessoas físicas e jurídicas, mais simples de ser feito.

Como funciona o PIX?

O sistema de pagamentos e transferências instantâneas gratuitas, o PIX funciona de forma muito parecida com as transferências convencionais que já tínhamos antes do DOC e TED. Porém a grande vantagem é que permitirá um acesso muito mais simples do que os serviços que existiam até o momento.

Esse sistema funciona a qualquer momento, 24 horas por dia, 7 dias da semana, dentro do limite de segurança definido pelo usuário.

Autenticação

Como um DOC e TED antes de concluir qualquer transferência ou pagamento, o pagador recebe em sua tela uma mensagem com os dados bancários da conta de destinatário, valor e data da transação. Medida de segurança garantindo menos margem de erro.

Depois de conferir esses dados, e conferir que estão corretos é só confirmar a transferência com sua senha.

Limites para PIX

Desde a criação do PIX, foi estabelecido pelo Banco Central um valor máximo para transferências, porém cada instituição bancária tinha carta branca para definir seu valor, os limites variam de no mínimo, segundo a regulamentação do Banco Central, 50% do valor das transferências tipo TED até o valor autorizado para compras em débito.

Em agosto de 2021, o Banco Central anunciou novas regras para os limites de transferência do PIX, confira:
  • Entre 20h e 6h, o limite de transferências será de R$ 1.000. A regra também vale para transações entre contas de uma mesma instituição, pagamento de boleto e TEDs.
  • Cada instituição terá um prazo mínimo de 24 horas e máximo de 48 horas para aprovar solicitações de aumento no limite de transações para Pix.
  • Os clientes poderão solicitar limites diferentes para o PIX de acordo com o horário (diurno e noturno).
  • Também será possível cadastrar contas para receber transferências acima dos limites estabelecidos, mediante redução dos limites para outras operações financeiras como TED, DOC, transferências entre bancos, boleto e cartão de débito.
  • Você também pode escolher o início da sua faixa noturna. O horário noturno pode começar às 20h ou 22h.

Período noturno PIX


O período noturno é o momento em que as contas de pessoas físicas tem um limite de R$ 1 mil para transferências e pagamentos. A regra está em vigor desde 4 de outubro e foi estipulada para evitar golpes, roubos e sequestros.

Fonte: Banco Central

Chave PIX

A chave PIX é utilizada para localizar o destinatário do pagamento sem outros dados de identificação, como se fosse os dados utilizados em uma transferência bancária convencional, porém mais simplificada, não é necessário informar todos os dados bancários para receber uma transferência.

Para realizar um PIX, você precisa ter uma conta corrente ou conta de pagamento que permita fazer e receber transferências. Os usuários podem realizar o cadastro de chaves fazendo contato com as instituições com as quais têm relacionamento.

Pessoas físicas conseguem cadastrar no máximo 5 chaves por conta que sejam titulares, já para pessoas jurídicas conseguem cadastrar no máximo 20 chaves PIX.

Poderão ser usados como chave PIX:
  • CPF/CNPJ
  • Telefone
  • E-mail
  • Chave aleatória
Para realizar a transferência basta informar a chave PIX do beneficiário para que o sistema localize seus dados e realize a transação. No caso de não ter uma chave cadastrada, o usuário precisará repassar todos os dados bancários sendo eles: (banco, agência, número da conta, CPF, etc.) ao outro envolvido na transação.

Pagamentos PIX

Quem nunca precisou receber um dinheiro rápido, ou muita com urgência? A noite, final de semana?

O Pagamento instantâneo Brasileiro veio para revolucionar as transações entre pessoas instantâneas, além da chave PIX existem outras formas de se receber uma transferência PIX bem práticas. 

Veja abaixo:

Leitura de QR Code

O QR Code é muito prático e seguro, é utilizado para cobrança de pagamentos, essa modalidade de PIX é mais usada por lojas e prestadores de serviços. Existem duas variações da leitura de QR – code, (estático e dinâmica) veja abaixo como funciona cada uma.

QR Code - Estático

O QR - code estático pode ser lido diversas vezes e pode incluir ou não um valor fixo para a transação bancária. Para receber um PIX você deve gerar um QR code e disponibilizá-lo, no aplicativo do banco o pagador poderá realizar a leitura com a câmera do celular e então os dados do recebedor serão reconhecidos automaticamente, nesse caso não sendo necessário digitar a chave PIX.

No PIX por QR code - estático você pode adicionar um valor específico ou tem a opção de deixar o campo aberto para que o pagador preencha.

QR Code - Dinâmico

O QR - code dinâmico é gerado a cada compra, contém o valor da transação e só pode ser lido uma vez. O processo para gerar o código é bem parecido, no entanto essa modalidade de pagamento é ideal para transações mais específicas, como pagamentos de alto valor.

Para essa opção dinâmica ainda existe a possibilidade de poder armazenar dados de pagamento, como por exemplo: os dados do pagador ou nota fiscal eletrônica.

Iniciador de pagamentos

A iniciação de pagamentos no PIX funciona da seguinte forma, ele reduz as etapas necessárias para o pagador em transações em redes sociais, lojas online e plataformas digitais.

O principal papel do iniciador de pagamentos na transação é agilizar todo o processo de pagamento, assim o usuário não precisa sair do aplicativo onde está conectado e perder tempo digitando os dados para realizar uma transação.

Pagamento por aproximação

Apesar de ainda não estar em funcionamento, o Banco Central do Brasil prevê a iniciação de pagamentos no PIX por aproximação, em celulares com a tecnologia NFC. Essa funcionalidade está prevista para esse ano de 2022.

O PIX é grátis?

O Banco Central determinou o PIX gratuito para as pessoas físicas (PF) e microempreendedores individuais (MEIs). Isso significa que todas as operações realizadas pelos clientes PF são isentas de qualquer taxa.

Já para os usuários pessoa jurídica (PJ), pode haver cobrança para enviar ou receber PIX, a tarifa fica a critério do banco. Porém, várias instituições oferecem PIX gratuito inclusive para quem é PJ.

O PIX é seguro?

O Banco Central garante que todos os dados dos usuários PIX estão protegidos pela Lei do Sigilo Bancário e, também, pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Realizar uma transferência ou pagamento PIX é tão seguro quanto realizar um DOC ou TED. O PIX possui camadas de segurança, criptografia e autenticação. Claro que além das etapas de segurança de cada aplicativo de banco.

Ao realizar um PIX, o usuário precisa ficar atento para não cair em golpe, sempre conferindo se os dados exibidos na tela do aplicativo estão de acordo.

Próximos passos do PIX em 2022

PIX Aproximação (2022)
Assim como existe hoje com cartões de crédito, será possível fazer pagamento aproximando o celular da máquina de cartão, por exemplo.

PIX Offline (2022)
O Banco Central planeja lançar um “cartão Pix” que vai permitir a transferência offline. O presidente da instituição, Roberto Campos Neto, já explicou que a forma mais segura para permitir os pagamentos sem conexão à internet será por meio de um cartão.

Getting Info...

Postar um comentário

Consentimento de cookies
Utilizamos cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site. Política de privacidade
Ops!
Parece que há algo errado com sua conexão com a internet. Conecte-se à Internet e comece a navegar novamente.
AdBlock detectado!
Detectamos que você está usando o plug-in de bloqueio de anúncios em seu navegador.
A receita que recebemos pelos anúncios é usada para gerenciar este site, solicitamos que você coloque nosso site na lista de permissões em seu plug-in de bloqueio de anúncios.